Pedro Cipriano

Fotografia: Ana Piedade, 2018
Fotografia: Ana Piedade, 2018

Pedro Cipriano nasceu em 1986 e é natural de Vagos. Doutorado em Ciências Naturais, vertente de Física de Partículas, passou vários anos como cientista associado ao CERN. Actualmente, trabalha na Forging AI, uma empresa do ramo aeroespacial portuguesa, ajudando a proteger a floresta e a reduzir o desperdício alimentar. Nos tempos livres pratica Haidong Gumdo e Capoeira.


Em 2014, criou a Editorial Divergência, projecto editorial especializado na ficção especulativa. Seguiram-se as Edições Viriato em 2016 e a Trebaruna em 2018. É também fundador da Convergência e do Projecto Foco, uma loja online dedicada à literatura e banda desenhada na área do fantástico e ficção científica, e um provedor de serviços de edição, respectivamente.


Em 2014, publicou o seu primeiro livro, O Caderno Vermelho, que se encontra esgotado. As Nuvens de Hamburgo, publicado em 2017, ganhou o Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa 2018 e o seu conto, A Aranha, publicado em 2018 na antologia Steampunk Internacional, venceu o Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto 2018.


É autor de dezenas de contos e ensaios, tendo participado em várias antologias, bandas desenhadas, revistas, blogues e jornais. Alguns dos seus trabalhos foram traduzidos para Inglês, Finlandês e Filipino. Já foi orador em vários eventos e convenções em Portugal, França, Bélgica, Espanha e Irlanda.